Menu

O evento acontece no dia 16 de agosto, no Marina Park Hotel, em Fortaleza e traz atrações como Thiaguinho, Péricles, Sorriso Maroto, Revelação, Diogo Nogueira, Jorge Aragão, Nosso Sentimento, Bom Gosto e dona Ivone Lara.

“Antes de me despedir, deixo ao sambista mais novo, o meu pedido final: Não deixe o samba morrer, não deixe o samba acabar, o morro foi feito de samba, de samba pra gente sambar”. No ano em que comemora 100 anos, o Samba está mais vivo do que nunca. E é nesse ritmo que a segunda edição do Samba Brasil vem com uma proposta diferente para o evento de 2014. O festival vai fazer uma grande homenagem ao centenário do samba, reunindo importantes atrações do gênero, no dia 16 de agosto, no Marina Park Hotel, em Fortaleza - CE.

Este estilo musical, de todos os cantos e encontros, vai apresentar nomes da nova e antiga geração, em uma festa que promete emocionar o público com momentos inesquecíveis. Artistas como Thiaguinho, Péricles, Sorriso Maroto, Revelação, Diogo Nogueira, Nosso sentimento e Bom Gosto vão dividir o palco com os bambas Jorge Aragão e dona Ivone Lara.

O evento será dividido em quatro espaços. Para quem gosta de curtir o agito da galera de pertinho, a melhor opção é a Pista. Quem faz questão de ficar próximo ao palco, o espaço ideal é o Frontstage. Conforto e exclusividade vão atender ao público do Camarote. O camarote Primeira Classe vem com serviço diferenciado, onde o público vai ficar em cima do palco e terá direto a vouchers de bebidas.

Depois do sucesso de audiência na primeira edição, o Samba Brasil 2014 será mais uma vez transmitido ao vivo pela Multishow, canal por assinatura focado em programações musicais.

Durante 100 anos, ninguém falou mais de samba do que ele mesmo. Seja nos versos dos sambistas mais antigos, seja nas canções da nova geração. Da África para a Bahia, da Bahia para o Rio de Janeiro, do Rio de Janeiro para a nação, esse ritmo de todos os cantos e encontros, une o passado e o presente neste festival de emoção.


Sobre as atrações

Thiaguinho - Nascido no interior de São Paulo e criado no Mato Grosso do Sul, Thiaguinho cresceu ouvindo música sertaneja, ritmo predominante na cidade onde morava. Mas as referências musicais da família também influenciaram o garoto de Presidente Prudente, que ouvia Elis Regina e Tim Maia. Ainda menino cantava e tocava violão nos corais da igreja que frequentava com sua mãe. Conheceu o pagode através de um tio e, desde então, traçou uma meta: ser músico, ou melhor, pagodeiro. Cantor, compositor e instrumentista, Thiaguinho é um dos mais versáteis e criativos artistas brasileiros. Seu estilo musical é moderno e diferente. Ele transmite em suas composições a influência de tudo o que ouve. Os ritmos R&B, funk, pop, se fazem presentes nas suas composições criando uma identificação natural com o público jovem.

Péricles - Antes de ser cantor, trabalhou como inspetor em duas escolas estaduais e em uma montadora de carros em São Bernardo do Campo. Integrou o grupo Exaltasamba do qual foi um dos fundadores em 1986. Com o grupo acompanhou Jovelina Pérola Negra, tocando nas casas de shows de São Paulo. Gravou ao todo mais de 20 CDs e DVDs, viajando em turnês por todo o Brasil. Em 2009 participou da gravação do CD/ DVD “O Baile do Simonal”, realizada no Vivo Rio, no Rio de Janeiro, na qual interpretou a faixa “Na galha do cajueiro” ao lado de Thiaguinho,  seu parceiro de grupo. Em 2010 participou, com o grupo Exaltasamba, do show especial de Natal do cantor e compositor Roberto Carlos, realizado na Praia de Copacabana, no Rio de Janeiro. Neste show, cantou o samba "O Rei na Beija-Flor" (Erasmo Carlos, Paulo Sérgio e Eduardo Lages) feito em homenagem a Roberto Carlos. Em 2011 participou, ao lado de seu parceiro Thiaguinho do evento "São João Carioca" realizado na Quinta da Boa Vista, no Rio de Janeiro, dividindo o palco com Elba Ramalho, Gilberto Gil, Caetano Veloso, Dominguinhos, e Geraldo Gimenes, entre outros artistas convidados. Atualmente, Péricles faz parte do elenco do programa "Esquenta com Regina Casé" exibido aos domingos pela Rede Globo.

Sorriso Maroto - Reunião de amigos, festas e churrascos sem o balanço do pagode para agitar a galera não existem. Ainda mais no Rio de Janeiro. Foi assim, que no final de 1997 nascia o embrião do que no futuro seria um dos grupos de maior prestígio no cenário musical. Cris, o idealizador do sonho, tocava percussão para animar os eventos da turma e da família. Fred, seu vizinho na época, não demorou muito para ingressar no grupo. Logo, despertou o interesse de Bruno, seu amigo de escola. Foi aí que um colega em comum uniu Sérgio ao grupo, que, até então, não tinha sequer um violão. Pouco tempo depois, o professor de música do irmão de Vinícius, o apresentou à mãe de Bruno. O Resultado desses encontros cruzados? O Sorriso Maroto.
Grupo Revelação - O Grupo Revelação nasceu na cidade do Rio de Janeiro no dia 23 de abril de 1991.  O Grupo Revelação deve muito o inicio de sua carreira para um dos mais ilustres músicos: Victor Stecca, década de 1990, com um pagode de mesa tipicamente carioca que era realizado no Arranco. Com a ajuda de João Carlos Silva Filho, gerente artístico da Rádio FM O Dia, o Revelação alcançou as camadas mais populares dentre os ouvintes do Rio de Janeiro, trilhando o caminho para o sucesso de seu primeiro disco – “Revelação”, de 1999, lançado pela BMG. O disco conta com a participação de alguns dos integrantes do Kiloucura, além de uma regravação de “Zé do Caroço”, canção de Leci Brandão. O ano de 2002 foi decisivo para o Grupo Revelação. O sexteto carioca trocou de gravadora e lançou o álbum “Ao Vivo no Olimpo”, que, do alto de suas mais de 700 mil cópias, foi o segundo CD mais vendido do ano e o primeiro na categoria pagode.
Diogo Nogueira - Carioca, nasceu em 26 de abril de 1981, é cantor, compositor e vem de uma nobre linhagem do samba. Filho do saudoso sambista João Nogueira, acostumou-se desde cedo a ser embalado por choros e sambas. João costumava levar Diogo para cantar em seus shows e logo vieram os convites para participar de rodas de samba do Rio, hábito que lhe rendeu respeito e aprovação dos “bambas” da música. No final de 2005, participou do antológico show realizado no Theatro Municipal do Rio de Janeiro, comemorando os 40 anos de carreira da cantora Beth Carvalho. Naquela noite, o sambista emocionou a plateia do Municipal ao interpretar “O Poder da Criação”. Em 2007, Diogo Nogueira gravou seu primeiro DVD no Teatro João Caetano (RJ), com clássicos do samba e músicas inéditas, ao lado dos convidados Marcelo D2, Xande de Pilares (Revelação) e o violonista Marcel Powell. CD e DVD foram lançados pela EMI Music no final de 2007, confirmando Diogo Nogueira como a maior revelação do samba de sua geração.
Nosso Sentimento -  No ano de 2002, nascia O "Nosso Sentimento"; um grupo com 5 jovens já com certa experiência nos palcos do Rio de Janeiro, levando nas suas apresentações uma qualidade musical, associada a uma irreverência artística, alegrando e surpreendendo o público de um modo geral. Coreografias, presença de palco e carisma, associado a um repertório eclético com muito pagode, axé, pop, transformam o show do Nosso Sentimento em uma verdadeira festa.  “Atualmente apadrinhados por um dos maiores cantores da MPB, (Cantor Belo), já divulgaram músicas como “Sonho de Amor”, “Vai Embora”, “Namoro Escondido”, ‘‘Perdoa” e “Fora da Lei”, marcando a boa fase do Grupo nas principais rádios de todo o Brasil. Mas foi através da música “Sonho de Amor” que realmente caíram na graça do público. Durante meses a música desfilou entre as 10 mais executadas nas principais rádios do país, o que credencia o Grupo como a mais nova realidade do pagode carioca.
Bom Gosto - No quarto CD e terceiro DVD, Subúrbio Bom (Som Livre) – registrado na casa noturna Barra Music, Rio de Janeiro – o Grupo Bom Gosto leva a alma do subúrbio carioca às outras periferias e cidades do Brasil e exterior. É o subúrbio a identidade musical e origem dos integrantes. “Nossa formação foi nas ruas, aprendendo na prática e com quem sabe”, diz Mug. “Nasci e vivi no subúrbio. Lugar de gente humilde e que, ao mesmo tempo, tem liberdade para jogar bola descalça na rua e beber aquela cervejinha nos bares…” completa Macaé. Subúrbio, um dos berços do samba, é também celeiro da arte, da moda e do esporte. A região gosta das misturas na dose certa e que dão certo, assim como o Bom Gosto. Por isso, grupo que se originou no samba e orgulha-se de representar o gênero, não se intimida ao flertar com o rap e a black music, por exemplo. A ousadia da vez é a levada de samba com blues da música Dezoito Quilates.
Jorge Aragão - Jorge começou sua carreira pelo samba na década de 1970, em bailes e casas noturnas. Como compositor, despontou em 1976, quando Elza Soares gravou sua composição "Malandro" (com Jotabê). Foi integrante do grupo Fundo de Quintal (núcleo do gênero pagode) e um de seus principais compositores e letristas, tendo por isso abandonado o conjunto algum tempo depois para dedicar-se à carreira solo. Quase todos os grandes intérpretes de samba (Beth Carvalho, Alcione, Zeca Pagodinho, Martinho da Vila) têm canções de Jorge Aragão em seu repertório. Com quase 30 anos dedicados inteiramente à MPB, Jorge Aragão continua em atividade. O veterano do samba se mantém firme no mercado, apostando em uma série de CDs ao vivo (Ao vivo 1 e 2). O álbum ”Jorge Aragão Ao vivo Convida”, lançado pela Indie Records, em 2002, traz duetos antológicos do sambista com figuras consagradas como Zeca Pagodinho, Alcione, Elza Soares, Beth Carvalho, Emílio Santiago, Leci Brandão, entre outros.Mais tarde, depois de um disco de estúdio chamado Da Noite pro Dia vem mais um DVD ao vivo gravado no Canecão (Rio de Janeiro) com o mesmo nome também tendo uma ótima vendagem. Atualmente o sambista está com o disco `E aí?`, com boa recepção do público.
Dona Ivone Lara - Yvonne Lara da Costa, mais conhecida como Dona Ivone Lara, se formou em Enfermagem, com especialização em Terapia Ocupacional, foi assistente social até se aposentar em 1977. Nesta função trabalhou em hospitais psiquátricos, onde conheceu a dra. Nise da Silveira.  Com a morte do pai aos três anos de idade, e da mãe aos doze, foi criada pelos tios e com eles aprendeu a tocar cavaquinho e a ouvir samba, ao lado do primo Mestre Fuleiro; teve aulas de canto com Lucília Villa-Lobos e recebeu elogios do marido desta, o maestro Villa-Lobos. Compôs o samba Nasci para sofrer, que se tornou o hino da escola. Com a fundação do Império Serrano, em 1947, passou a desfilar na ala das baianas. E também Compôs o samba Não me perguntes, mas a consagração veio em 1965, com Os cinco bailes da história do Rio quando tornou-se a primeira mulher a fazer parte da ala de compositores de escola de samba.

Serviços - Samba Brasil 2014:
Quando: 16 de agosto
Onde: Marina Park Hotel (Avenida Presidente Castelo Branco, 400 - Praia de Iracema)
Hora: 16 horas
Pontos de vendas:
Lojas Couro Fino (Shopping Iguatemi e Shopping Via Sul)
Lojas Dog Ville (Shopping Maraponga Mart Modas)
Lojas DLT  (North Shopping Fortaleza, Shopping Benfica, North Shopping Jóquei e Shopping Via Sul)

Lojas Pahilly (Shopping Central, North Shopping Fortaleza, Shopping Parangaba)
Piffy Langerie (Shopping Maraponga Mart Modas)  Capelli Stúdio (Av. Barão de Studart, 350 – Meireles)



Valores:
PISTA: (1º LOTE)
R$ 42,00 MEIA
R$ 82,00 INTEIRA

FRONTSTAGE: (5º LOTE)
R$ 112,00 MEIA
R$ 222,00 INTEIRA
 
CAMAROTE: (4º LOTE)
R$ 162,00 MEIA
R$ 322,00 INTEIRA

PRIMEIRA CLASSE: (1º LOTE)
R$ 182,00 MEIA
R$ 362,00 INTEIRA

Mais informações:  WWW.SAMBABRASILCE.COM.BR ou (85) 3230.1917

Destaques

 
Topo