Menu


O Bloco Afro Muzenza do Reggae inicia seus Ensaios de verão no próximo dia 8 de novembro (sexta), no Largo Tereza Batista, no Pelourinho, às 21h. O grupo apresentará seu tema para o Carnaval de 2014, “Reggae, Futebol e Paz”, e trará uma prévia do novo trabalho do grupo. O cantor e compositor Fael Primeiro se apresenta junto com o grupo. Os ingressos custam R$20 e estão à venda na TicketMix (tel.: 4003-1212).

A banda percussiva Muzenza apresenta seu repertório com clássicos do grupo, como “A terra tremeu”, “Brilho e beleza” e “Swing da cor”. Na ocasião, os tradicionais tambores do grupo e sua influência reggae se unem à música urbana dos sistemas de som, também surgidos na terra de Bob Marley. Fael Primeiro, conhecido por seus trabalhos com o Ministereo Público e Bemba Trio, se une a Nem Tatuagem, da ala de canto do Muzenza. Nas programações que acompanham a apresentação de Fael, o DJ Fino mescla um pouco de harmonia aos tambores do bloco do reggae.

Dessa interação, pode-se esperar a mistura do samba reggae com ritmos como RAP, kuduro, dance hall, funk, afro beat e outros. “A ideia é trazer um pouco da música periférica contemporânea para o grupo, novos elementos, novos timbres, uma nova consciência à já forte e poética música do Muzenza”, explica Fael. “O grupo é um dos mais fortes pilares do samba reggae, uma grande referência para os que estão no cenário a fim de pesquisar a música afro baiana”, completa.

Muzenza do Reggae

O bloco afro Muzenza foi criado no bairro da Liberdade em 1981 e tem na sua musicalidade inspiração no reggae jamaicano. O suingue do reggae em sintonia com a percussão baiana marca as apresentações do grupo, que trazem canções de conscientização social e igualdade entre os povos, ao som do samba reggae, ritmo criado na Bahia. Muzenza é um termo de origem bantu-kikongo, significa Yaô do Nagôs, é o nome dado aos iniciados nos candomblés de nação Angola.

Fael Primeiro e o Dub Muzenza

Multifacetado, o artista Fael Primeiro manifesta o seu talento e criação tanto na música quanto nas artes visuais. Como compositor e cantor, realiza trabalhos junto ao sound system Ministereo Público, à banda Dubstereo e ao grupo Bembatrio. Iniciou sua trajetória em movimentos de sound system soteropolitanos, com referências musicais de ritmos periféricos mundiais e locais, como samba reggae, samba duro, RAP, etc. Nas artes visuais, o grafite é a sua principal expressão, marcada em intervenções e instalações públicas espalhadas pela cidade. Ao Muzenza, Fael traz também referências da música jamaicana contemporânea, explorando, além do reggae, o dub e o dance hall.

Serviço

O quê? Ensaio do Muzenza 
Quem? Grupo Muzenza e Fael Primeiro
Quando? 8 de novembro, 21h
Onde? Largo Tereza Batista, Pelourinho
Quanto? R$20
Ingressos à venda na TicketMix: 4003-1212
 
Topo