Menu

O Bloco Afro Malê Debalê homenageará no próximo domingo, 23 de março, personalidades que se destacaram na luta contra a discriminação racial e pela reparação das desigualdades em 2014. O Troféu Um Abraço Negro está em sua 5ª edição e tem como objetivo, além de homenagear estas pessoas e instituições, dar visibilidade a ações e propostas que vem sendo desenvolvidas para inclusão do povo negro.

O Troféu será entregue no evento de comemoração dos 35 anos do Malê Debalê, na sede da entidade (Rua Direta do Abaeté, s/n), em Itapuã, às 18h. O show contará com a participação do cantor Lazzo Matumbi e a entrada é gratuita.

Malê Debalê

O Malê Debalê foi fundado em 23 de março de 1979 por um grupo de moradores de Itapuã que desejavam ver o seu bairro representado no carnaval de Salvador. O bloco tem na dança e na música um elo forte com a tradição cultural herdada da cultura afro, mesclada com o viver popular e o mental coletivo contemporâneo de sua comunidade praieira. 

O nome é uma homenagem aos Malês, negros muçulmanos, que lutaram contra o processo de escravidão, representando, na Bahia, uma resistência ativa. Assim, o bloco, como afrodescendente, tem na história dos Malês, um mito de referência. A entidade considera uma missão não apenas contá-la, mas, principalmente, tornar-se um exemplo dessa história, seguindo e interferindo na cultura baiana com a mesma postura de resistência à dominação de seus ancestrais.

No carnaval de 2014, a entidade levou para as ruas o tema “Malê Debalê: 35 anos quebrando paradigmas”, em reverência à história do bloco.

SERVIÇO
35 ANOS DO MALÊ DEBALÊ e Troféu Um Abraço Negro
QUEM: Malê Debalê e Lazzo Matumbi
QUANDO: 23 de março | 18h
LOCAL: Sede do Malê Debalê (Rua Direta do Abaeté, s/n – Itapuã)
ENTRADA FRANCA

Destaques

 
Topo